Instituto Escolhas lança estudo sobre impactos do desmatamento zero no Brasil

Resultados, que mostram impactos sociais e econômicos de acabar com o desmatamento no país, serão apresentados pela primeira vez em evento em São Paulo

O Instituto Escolhas lança, no próximo dia 30 de outubro, a partir das 8h30, no auditório do Insper, em São Paulo, o estudo Qual o Impacto do Desmatamento Zero no Brasil?, em um seminário que discutirá o tema. O evento é uma parceria entre o Escolhas, o Insper e a Folha de S. Paulo e trará especialistas para debater o desmatamento no país a partir de reflexões proporcionadas pelos dados apresentados no estudo, coordenado pelo Instituto Escolhas, com análise biofísica e de uso da terra de Gerd Sparovek, do Geolab da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP), Vinícius Guidotti e Luis Fernando Guedes Pinto do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), e análise de Joaquim Bento de Souza Ferreira Filho (Esalq/USP).

“O estudo questiona quais seriam os impactos reais sobre a economia e a sociedade caso a proposta de desmatamento zero fosse implementada no Brasil. O tema do desmatamento é tratado de forma bastante controversa por diferentes setores da sociedade. A pergunta é pertinente para todos aqueles que se perguntam sobre as possibilidades de se aliar crescimento econômico, conservação da biodiversidade e mitigação das mudanças climáticas”, afirma Jaqueline Ferreira, coordenadora institucional do Instituto Escolhas.

O seminário terá início com Ana Toni, presidente do Instituto Escolhas, Marcos Lisboa, presidente do Insper, e Murilo Bussad, da Folha de S. Paulo. Após a abertura, o evento contará com painel para a apresentação do estudo, com os pesquisadores Sparovek, Guedes Pinto e Ferreira Filho. O segundo painel, que discute a relação entre a agropecuária e o desmatamento no Brasil, trará questões como o quanto de terra deixará de ser acrescentado à produção agropecuária em cada estado brasileiro de acordo com os cenários propostos pelo estudo – que vão desde a situação em que o desmatamento é totalmente zerado de imediato, passando por aquele em que só é possível usar as terras com mais alta aptidão agrícola, até chegar no caso em que só é vetado o corte ilegal de florestas.

Para o debate, o evento conta com a participação de Sylvia Coutinho, presidente do banco UBS Brasil, Dulce Benke, da Sociedade Rural Brasileira, Sergio Leitão, diretor de Relacionamento com a Sociedade do Instituto Escolhas, Lisboa e Ferreira Filho, com moderação do jornalista Marcelo Leite, da Folha de S. Paulo.

Confira a programação completa abaixo:

EM_CONVITE_8